domingo, 10 de outubro de 2010

Quando as lembranças acontecem

Gestos de gentileza virtuais e reais

Redes Sociais, tais como o Twitter, Orkut, Facebook e afins são ótimos recursos para nos lembrar de datas que são importantes para nós e para todos os que estão, de algum modo, agregados às nossas páginas pessoais.

Dias das Mães, Pais, Idosos, Crianças, Datas de Aniversários e afins são lembradas com uma facilidade muito superior a de alguns anos antes, tudo porque é muito mais simples abrirmos nossas páginas e descobrirmos, por exemplo, os próximos aniversariantes e, facilmente, encaminharmos uma mensagem que é capaz de promover sorriso, alegria e satisfação àqueles que a recebem.

Tais características podem servir de momentos de reflexão em nossas salas de aulas, pois é muito importante nós sondarmos com os nossos alunos até que ponto os gestos de gentileza virtual podem ser reconhecidos como realmente válidos a nós enquanto pessoas carentes de relacionamento interpessoal ou, ainda, se tais gentilezas são tidas apenas como mero hábito que é seguido pelos internautas.

Refletir sobre as características de “amizades” virtuais, aliás, é prática que precisa ser contínua em nossas escolas, pois muitos são os alunos que estabelecem contato com pessoas de outra parte do mundo, mas nem sabem o primeiro nome do morador ao lado de sua casa, o nome das pessoas que convivem, ainda que de forma superficial, diariamente.

É interessante o professor introduzir momentos de reflexão, também, sobre o fato de algumas mensagens virtuais não serem bem-recebidas por algumas pessoas, normalmente as que são mais requisitadas, dado que muitas mensagens são encaminhadas a uma lista gigantesca de pessoas e, assim, terminam por encherem demasiadamente nossa caixa de e-mail ou nosso espaço nas Redes Sociais.

Ainda sobre este tema há, inclusive, a possibilidade de abordagem sobre a questão de algumas pessoas, as quais ainda não têm o hábito das vivências no “mundo virtual” e diante de algumas lembranças da data de seu aniversário, por exemplo, sentirem-se extremamente privilegiadas pelo fato de muitas pessoas terem se lembrado desta data tão importante em suas vidas.

Ora, é importante considerar que é perfeitamente comum e possível no dia de nossos aniversários, nos Dias das Mães, Pais e afins, pessoas que nem ao menos conhecemos pessoalmente lembrarem-se fielmente de nós em datas-chaves, vamos assim dizer.

É de nosso conhecimento que parte significativa destas pessoas lembrou-se de tais datas simplesmente pelo fato de nós estarmos inseridos em suas “vidas virtuais”, ou seja, de modo abstrato e, nestas condições, a lembrança só ocorreu devido aos lembretes que são, continuamente, expostos em nossas páginas do Orkut, Facebook e afins.
 
Até que ponto uma mensagem virtual com palavras belas e gentis pode ser considerada importante para nós? Quem são as pessoas de nossa convivência real que se lembram de momentos especiais para nós? A verdade é que num mundo tão cheio de indiferenças, os recursos virtuais que nos possibilitam encaminhar belas mensagens em datas importantes ao outro são dignos de aplausos, pois todo gesto que tem a intenção de nos fazer feliz pode, perfeitamente, ser entendido, compreendido e bem-aceito por nós.

Diferente do que ocorre em grande parte das vezes, se você hoje recebeu uma mensagem bonita, leia e sinta-se feliz por tê-la recebida, pois alguém se lembrou de você, você é importante para alguém, sinta-se assim, pois todos nós somos membros de um corpo maior, no qual cada parte é fundamental para o funcionamento de um todo.

Se hoje é um dia especial para você, receba nosso abraço virtual e nossos desejos de muita paz, desejos estes que, apesar da distância que existe entre nós, são reais, concretos e muito sinceros.

As lembranças, ainda que apoiadas pelos recursos tecnológicos presentes nas Redes Sociais, como nós temos hoje abordado, são dignas de serem bem-recebidas por nós, pois “gentileza gera gentileza”, ainda mais em dias como os nossos.

Como estamos falando em lembranças, aproveite para fazer das gentilezas virtuais um bom exercício para ser executado no presencial, no concreto, entre as pessoas que diariamente estão conosco, seja em nosso trabalho, na companhia dos nossos vizinhos, em meio aos nossos familiares, em meio aos nossos alunos, em meio àqueles que desejam ser privilegiados por um sorriso, por um bom-dia, por um gesto de cortesia e de amabilidade

Erika de Souza Bueno Consultora-Pedagógica de Língua Portuguesa do Planeta Educação. Professora de Língua Portuguesa e Espanhol pela Universidade Metodista de São Paulo. Articulista sobre assuntos de língua portuguesa e família. Editora do Portal Planeta Educação

1 comentário:

Mina disse...

Excelente abordagem, á forma como se vive com as novas tecnologias...
Valorizando no texto a parte positiva das mesmas, o elevar a auto-estima.
Já haverá pessoas a quem estes novos meios de comunicação trouxeram amigos, que já despiram a farda virtual.
Talvez venha a ser uma passagem para os reencontros...
bjinhos

Leituras

Leituras
Os livros que se seguem apresentam as minhas opiniões sobre os mesmos. Exclusivamente o meu "ponto de vista". EC

Índice médio de felicidade

Índice médio de felicidade
clicar na imagem para ler o post

Eu até sei voar

Eu até sei voar
clicar na imagem para ler o post

Mágoas da Escola

Mágoas da Escola
clicar na imagem para ler o post

CINCO PAIS NATAIS E TUDO O MAIS

CINCO PAIS NATAIS E TUDO O MAIS
clicar na imagem para ler o post

Deixa-me entrar

Deixa-me entrar
clicar na imagem para o post

Caderno de Tóquio

Caderno de Tóquio
clicar na imagem para ler o post

Le goût des glaces

Le goût des glaces
clicar na imagem para ler o post

Não os desiludas - histórias da escola

Não os desiludas - histórias da escola
clicar na imagem para ler o post

Eu quero Amar, Amar perdidamente

Eu quero Amar, Amar perdidamente
clicar na imagem para ler o post

A ferramenta que faz os contos

A ferramenta que faz os contos
Clicar na imagem para ler o post

A arte de ensinar

A arte de ensinar
clicar na imagem para ler o post

O Futuro da Escola Pública

O Futuro da Escola Pública
clicar na imagem para ler o post

A inclusão nas escolas

A inclusão nas escolas
clicar na imagem para ler o post

Crianças em Risco VOL 4

Crianças em Risco VOL 4
clicar na imagem para ler o post

A vida na porta do frigorífico

A vida na porta do frigorífico
clicar na imagem para ler o post

O mundo segundo BOB

O mundo segundo BOB
clicar na imagem para ler o post

A Saga de um Pensador - O Futuro da Humanidade

A Saga de um Pensador - O Futuro da Humanidade
clicar na imagem para ler o post

A intuição leitora, a intuição narrativa

A intuição leitora, a intuição narrativa
clicar na imagem para ler o post

Tu tens direito

Tu tens direito
clicar na imagem para ler o post

Políticas educativas em Portugal

Políticas educativas em Portugal
Clicar na imagem para ler o post

Mafaldisses - crónica sobre rodas...

Mafaldisses - crónica sobre rodas...
clicra na imagem para ler o post

Todas as cores do vento

Todas as cores do vento
clicar na imagem para ler o post

Prisioneiro em mim

Prisioneiro em mim
clicar na imagem para ler o post

Crónicas do avó Chico

Crónicas do avó Chico
cliacar na imagem para ler o post

PSICOMOTRICIDADE – Jogos facilitadores de aprendizagem

PSICOMOTRICIDADE – Jogos facilitadores de aprendizagem
Clicar na imagem para ler o post

Fala Comigo

Fala Comigo
clicar na imagem para ler o post

Sara, A Luz

Sara, A Luz
clicar na imagem para ler o post

Indisciplina Na Escola

Indisciplina Na Escola
clicar na imagem para ler o post

O quarto de Jack

O quarto de Jack
clicar na imagem para ler o post

A Magia das chaves

A Magia das chaves
clicar na imagem para ler o post

Gaudi, um romance

Gaudi, um romance
clicar na imagem para ler o post

o ladrão de Sombras

o ladrão de Sombras
clicar na imagem para ler o post

Partes de mim

Partes de mim
clicar na imagem para ler o post

História de uma esquizofrenia - Jérémy, sua família, a sociedade

História de uma esquizofrenia - Jérémy, sua família, a sociedade
clicar na imagem para ler o post

Maria e Eu

Maria e Eu
clicar na imagem para ler o post

Agarrem-me ou dou cabo desses palhacitos!

Agarrem-me ou dou cabo desses palhacitos!
clicar no post para ler a imagem

Rafeiro Perfumado: "Are you ladrating to me?!?"

Rafeiro Perfumado: "Are you ladrating to me?!?"
Clicar na imagem para ler o post

"Rafeiro Perfumado: a minha vida dava um blog"

"Rafeiro Perfumado: a minha vida dava um blog"
Clicar na imagem para ler o post

O menino de Cabul

O menino de Cabul
clicar na imagem para ler o post

A Educação na Finlândia: Os segredos de um sucesso

A Educação na Finlândia: Os segredos de um sucesso
Clicar na imagem para ler o post

"Aproveitem a vida"

"Aproveitem a vida"
Clicar na imagem para ler o post

"Olha-me nos Olhos"

"Olha-me nos Olhos"
Clicar na imagem para ler o post

"Einstein nunca amou"

"Einstein nunca amou"
Clicar para ler o post

"Mais alto do que as palavras"

"Mais alto do que as palavras"
Clicar para ler o post

Temos de falar sobre o Kevin

Temos de falar sobre o Kevin
clicar na imagem para ler o post

Os Mistérios do Sono

Os Mistérios do Sono
Clicar na imagem para ler o post

Quem mexeu no meu queijo

Quem mexeu no meu queijo
Clicar na imagem para ler o post

Aprender Juntos para Aprender Melhor

Aprender Juntos para Aprender Melhor
clicar na imagem para ler o post

A criança que não queria falar

A criança que não queria falar
clicar na imagem para ler o post

Domesticar a hiperactividade e o défice de atenção

Domesticar a hiperactividade e o défice de atenção
clicar na imagem para ler o post

Síndroma de Down: Leitura e Escrita

Síndroma de Down: Leitura e Escrita
clicar para ler o post

Inclusão - Um guia para Educadores e Professores

Inclusão - Um guia para Educadores e Professores
clicar na imagem para ler o post

O jardim de infância e a família

O jardim de infância e a família
clicar para ler o post

Organização da componente de Apoio à Familia

Organização da componente de Apoio à Familia
clicar na imagem para ler o post

Contributos para o estudo das práticas de Intervenção Precoce em Portugal

Contributos para o estudo das práticas de Intervenção Precoce em Portugal
clicar na imagem para ler o post

O segredo das crianças felizes

O segredo das crianças felizes
Clicar na imagem para ler o post

Crianças (e pais) em risco

Crianças (e pais) em risco
Clicar para ler o post

Comportamentos e estratégias de actuação na sala de aula

Comportamentos e estratégias de actuação na sala de aula
clicar para ler o post

Educar com os pais

Educar com os pais
clicar na imagem para ler o post

A Criança e o Medo de Aprender

A Criança e o Medo de Aprender
clicar na imagem para ler o post

Hiperatividade Eficaz

Hiperatividade Eficaz
clicar na imagem para ler o post

A criança e o psicólogo

A criança e o psicólogo
clicar na imagem para ler o post

A matemática no pré escolar

A matemática no pré escolar
clicar para ler o post

A experiência motora no meio aquático

A experiência motora no meio aquático
clicar na imagem para ler o post

Problemas de alimentação na criança

Problemas de alimentação na criança
clicar na imagem para ler o post

A Intervencão Precoce e a criança com Síndrome de Down

A Intervencão Precoce e a criança com Síndrome de Down
clicar na imagem para ler o post

Educar, promover, emancipar - os contributos de Paulo Freire e Rui Grácio para uma Pedagogia Emanci

Educar, promover, emancipar - os contributos de Paulo Freire e Rui Grácio para uma Pedagogia Emanci
clicar na imagem para ler o post

Da investigação às práticas

Da investigação às práticas
clicar na imagem para ler o post

Valores Educativos, Cooperação e Inclusão autor: Ramos Leitão(Salamanca 2010)

Ouvindo o silêncio

O estranho caso do cão morto

Mal entendidos