domingo, 19 de dezembro de 2010

Desabafos em tempo de época Natalícia

(foto de EC)

Em tempo de Natal que se aproxima pensei encontrar mais flexibilidade e tolerância no ser humano, mas não.
Já tenho idade suficiente para perceber que sou algo ingénua ou que acredito que as pessoas são capazes do bem. Sinceramente acredito que sim. Que o potencial humano é fantástico e que são capazes de atitudes espectaculares, mas infelizmente o contrário também é verdadeiro. Não me escusando também às minhas falhas, que as tenho, como qualquer mortal, acredito na iniciativa, na cooperação, no empreendedorismo, no fazer.
Mas este raio de feitio de hiperactiva que me faz entregar a causas origina algumas angústias e dissabores. Uma mensagem que não consigo ver mudada é que caso se faça qualquer coisa seremos sempre criticados por quem nada faz! E isto é precisamente o que me revolta. Não é o estar exposto por fazer, é o não ter apoio para a concretização de coisa nenhuma e limitarem-se a esperar pelos resultados para atacar.

Considero que cada um de nós é uma "obra exclusiva" e que temos características que nos destacam pelo nosso melhor do que queremos fazer, todos sem excepção, mesmo aqueles que ficam sentados à espera que a coisa aconteça e claro, como não somos invisíveis, embora, por vezes, se possa ter essa sensação, as nossas atitudes de fazer algo, obviamente têm repercussão nos outros, nos que beneficiam desses actos, assim como nos que se sentem impelidos a ter que reagir de alguma forma, quanto mais não seja pela critica fácil.

Como me referiu um amigo que faz uma apreciação do espaço virtual, eu aproveito-o e estendo a sua opinião ao mundo concreto: é um espaço de patetice onde por vezes as ideias brilham. Se assim não fosse não seríamos ser criativos e com resiliência aos dissabores da vida. O que se retém da vida não são os factores de prazer e/ou sofrimento que ela proporciona mas a atitude como encaramos a nossa forma de estar na vida e como nela agimos.

Citando Oscar Wilde: "Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe." E eu, acrescento, que na sua existência às vezes sem rumo... porque apesar de tudo qualquer atitude ou iniciativa tem a sua misteriosa recompensa e isso é uma dádiva mesmo com adversidades.

O que me faz mudar e agir são as pessoas, pelos momentos, pelos olhares que me prendem e fazem acreditar que vale a pena. Porque o que reconforta são os amigos, aqueles, os verdadeiros, que encontramos mesmo por acaso mas que se tornam verdadeiros, aqueles que fazem com que o sentimento seja eterno, apesar de por vezes ficar inquieta a certeza se devo levar a cabo os meus actos. 

Apesar de correr o risco de ser criticada porque me exponho, a adversidade também tem o seu quê de desafio. Porque aproveitando as palavras sábias de Max Gehringer: "Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo, mas posso fazer alguma coisa. Por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso. O que eu faço é uma gota no meio de um oceano, mas sem ela o oceano será menor".

Fica o desabafo em tempo de época Natalícia.

EC

22 comentários:

nedav disse...

Grande amiga...Não deixes de fazer o que fazes...As criticas vão surgir sempre, principalmente de quem nada faz...

Nós, aqueles que acreditam que o pouco que fazemos pode vir a ser muito...continuaremos a lutar, a agir...em vez de criticar...

bjs

Isabel Lopes disse...

Então Elvira....que desabafos tão desanimadores....não te estou a reconhecer! Á preciso aprender a lidar com as críticas...elas também nos fazem crescer e melhorar.
Fica com estes pensamentos:
Somos ótimos para detectar as falhas dos outros, mas míopes para enxergar as nossas.
(Augusto Jorge Cury)
Em época Natalícia pensa no que
Dalai Lama disse "Quando sentimos amor e simpatia pelos outros,isso faz não apenas com que os outros se sintam amados e estimados, como também ajuda a desenvolver sentimentos internos de paz e felicidade."
Sê Feliz
Beijinhos da Isabel

Anónimo disse...

Compreendo-te perfeitamente... acho, até, que nunca te compreendi tão bem. Enfim, como diz um ditado popular "preso por ter cão e por não ter". Pensa nisto: a dor de cotovelo é uma coisa horrível. A maioria das críticas vem de pessoas invejosas e sem a tua capacidade de inovar e criar.
Força aí! Tenho a certeza que és muito superior a tudo isso.

Beijinho grande

helena_neves1 disse...

Então chefinha, este desabafo vem mesmo lá do fundo... Há muito que não falamos mas sabes que existe há tua volta muitas pessoas que admiram a tua hiperactividade e a tua capacidade por todos os dias tentares fazer um pouco melhor...
Força anímica para combateres os pobres de espirito!!!
Bj

Psicólogo Bruno Pereira Gomes disse...

Belo desabafo! Gostei mesmo muito de ler. Realmente, és daquelas pessoas que inspiram uma pessoa a levantar-se e a acreditar que pode fazer a diferença. Continua assim!

Só não percebo porque é a parte do hiperactiva...

Beijinhos e tudo de bom neste Natal

Moinho de Vento disse...

Possivelmente, quem te "lê" ficará com a impressão que estás prestes a desistir. Nada de mais errado. São os encontrões e os pontapés da vida que nos fazem andar mais rápido.
Todos nós temos, por vezes, estes "obstáculos" que nos fazem pensar, seriamente, se devemos continuar.
Às vezes, o que não nos faz inteiramente mal, faz-nos muito bem!
E é este o caso...
(contudo, não posso deixar de sublinhar um adágio popular: "diz o roto ao nu"...)
Sei que ficarás bem (e mais forte!).
Bom Natal!
Henrique

Anónimo disse...

O que é que se passa contigo, Elvira?
Já estou como a Isabel, não te reconheço nesse pessimismo? Sempre lutámos contra a maré e nunca desistimos, pelo contrário, isso sempre nos motivou ainda mais.
Não estarás a dar demasiada importância a opiniões hipócritas e impotentes, ressabiados por não saberem fazer nada, só criticam(?) e a politiquices da treta?
Não tens tido os “mimos” dos amigos que antigamente tinhas, por isso deixa lá ladrarem os cães…. E vai ter com quem te entende e compreende e vai em frente. Não afrouxes agora que podes tentar mudar alguma coisa ou pelo menos tentares. Não te cales, grita grita até que te ouçam. Sempre foste melga deves continuar a ser…..Vai em frente Maria, senão ainda te dou uns tabefes…..
Beijokas e quando precisares de colo eu estou aqui!
Cristina Paula

EC disse...

Amigo Nelson:
Obrigada pela amizade e o alento constante!

EC disse...

Isabel
A vida é feita de percursos com alguns dissabores, mas não são as criticas que m incomodam, assumo os meus erros, q os tenho. Claro que concordo com as criticas, mas que sejam produtivas, agora esperar para criticar sem mais nada tenho dificuldade em digerir... :(
Bjcas grndes

EC disse...

Querida R
Ainda bem q me compreendes! Bjcas :)

EC disse...

Helena
Claro q sinto a tua falta...Muita!!
A vida é feita de percursos com alguns dissabores. Mas como em todas as fases, a crise negativa passou. É esse o caminho. Ajuda o desabafo, a reflexão e o apoio de quem acredita!! Bjcas grandes!!

EC disse...

Bruno
Que bom a tua visita. Também tu me inspiras!! Bjs grandes!!

EC disse...

Henrique:
Sabe bem ouvir as palavras de quem
está no mesmo barco...(diz o roto ao nu...).
Também para ti desejo o melhor!! Bjs grandes!

EC disse...

Querida Cristina
Claro q sinto falta de quem me dá colo e tabefes como tu :)
E dos "mimos" dos que me são queridos, claro q sim!!
Claro que acredito que fazemos a diferença e temos q acreditar nos nossos compromissos, mas por vezes não há "melgas" que aguentem :)
Mas estou melhor acredita, faz ferida mas já está a ficar sarada :)
Mas gostava mm de te ter por perto para um colinho....ou almoço :)
Bjs Grandes!

Anónimo disse...

De acordo!Assim é!Lamento dizer mas a tendência é para piorar!
Beijos e coragem!
Roberto Borges

EC disse...

Olá amigo Roberto
Agradeço o teu postal, as músicas e toda a dedicação que me deste no alento ao meu post mais desesperado.
Desejo-te tudo de bom neste Natal como tu mereces!!!
Bjs Grandes

Rafeiro Perfumado disse...

Uma grande beijoca e um feliz 2011! E seguintes, já agora!

Rafeiro Perfumado disse...

Como dizia Ghandi (acho) existem os que trabalham e os que ficam com os louros. E é preferível pertencer ao primeiro grupo, a competição aí é bem menor!

EC disse...

Rafeiro: :)
Obrigada pelo teu "rauf".

Rafeiro Perfumado disse...

De nada. Bem ou malfiz a ligação deste texto com uma determinada situação relativamente à qual existiram demasiadas críticas, o que me chateou. Beijoca!

EC disse...

Rafeiro:
Ora eu também relacionei...caramba...Só por isso, adredeço duplamente o teu "rauf".
Bjs
Até dia 14...Será?? :)

Rafeiro Perfumado disse...

Pois claro que será, dia 14 lá estaremos a curtir a música!

Leituras

Leituras
Os livros que se seguem apresentam as minhas opiniões sobre os mesmos. Exclusivamente o meu "ponto de vista". EC

Índice médio de felicidade

Índice médio de felicidade
clicar na imagem para ler o post

Eu até sei voar

Eu até sei voar
clicar na imagem para ler o post

Mágoas da Escola

Mágoas da Escola
clicar na imagem para ler o post

CINCO PAIS NATAIS E TUDO O MAIS

CINCO PAIS NATAIS E TUDO O MAIS
clicar na imagem para ler o post

Deixa-me entrar

Deixa-me entrar
clicar na imagem para o post

Caderno de Tóquio

Caderno de Tóquio
clicar na imagem para ler o post

Le goût des glaces

Le goût des glaces
clicar na imagem para ler o post

Não os desiludas - histórias da escola

Não os desiludas - histórias da escola
clicar na imagem para ler o post

Eu quero Amar, Amar perdidamente

Eu quero Amar, Amar perdidamente
clicar na imagem para ler o post

A ferramenta que faz os contos

A ferramenta que faz os contos
Clicar na imagem para ler o post

A arte de ensinar

A arte de ensinar
clicar na imagem para ler o post

O Futuro da Escola Pública

O Futuro da Escola Pública
clicar na imagem para ler o post

A inclusão nas escolas

A inclusão nas escolas
clicar na imagem para ler o post

Crianças em Risco VOL 4

Crianças em Risco VOL 4
clicar na imagem para ler o post

A vida na porta do frigorífico

A vida na porta do frigorífico
clicar na imagem para ler o post

O mundo segundo BOB

O mundo segundo BOB
clicar na imagem para ler o post

A Saga de um Pensador - O Futuro da Humanidade

A Saga de um Pensador - O Futuro da Humanidade
clicar na imagem para ler o post

A intuição leitora, a intuição narrativa

A intuição leitora, a intuição narrativa
clicar na imagem para ler o post

Tu tens direito

Tu tens direito
clicar na imagem para ler o post

Políticas educativas em Portugal

Políticas educativas em Portugal
Clicar na imagem para ler o post

Mafaldisses - crónica sobre rodas...

Mafaldisses - crónica sobre rodas...
clicra na imagem para ler o post

Todas as cores do vento

Todas as cores do vento
clicar na imagem para ler o post

Prisioneiro em mim

Prisioneiro em mim
clicar na imagem para ler o post

Crónicas do avó Chico

Crónicas do avó Chico
cliacar na imagem para ler o post

PSICOMOTRICIDADE – Jogos facilitadores de aprendizagem

PSICOMOTRICIDADE – Jogos facilitadores de aprendizagem
Clicar na imagem para ler o post

Fala Comigo

Fala Comigo
clicar na imagem para ler o post

Sara, A Luz

Sara, A Luz
clicar na imagem para ler o post

Indisciplina Na Escola

Indisciplina Na Escola
clicar na imagem para ler o post

O quarto de Jack

O quarto de Jack
clicar na imagem para ler o post

A Magia das chaves

A Magia das chaves
clicar na imagem para ler o post

Gaudi, um romance

Gaudi, um romance
clicar na imagem para ler o post

o ladrão de Sombras

o ladrão de Sombras
clicar na imagem para ler o post

Partes de mim

Partes de mim
clicar na imagem para ler o post

História de uma esquizofrenia - Jérémy, sua família, a sociedade

História de uma esquizofrenia - Jérémy, sua família, a sociedade
clicar na imagem para ler o post

Maria e Eu

Maria e Eu
clicar na imagem para ler o post

Agarrem-me ou dou cabo desses palhacitos!

Agarrem-me ou dou cabo desses palhacitos!
clicar no post para ler a imagem

Rafeiro Perfumado: "Are you ladrating to me?!?"

Rafeiro Perfumado: "Are you ladrating to me?!?"
Clicar na imagem para ler o post

"Rafeiro Perfumado: a minha vida dava um blog"

"Rafeiro Perfumado: a minha vida dava um blog"
Clicar na imagem para ler o post

O menino de Cabul

O menino de Cabul
clicar na imagem para ler o post

A Educação na Finlândia: Os segredos de um sucesso

A Educação na Finlândia: Os segredos de um sucesso
Clicar na imagem para ler o post

"Aproveitem a vida"

"Aproveitem a vida"
Clicar na imagem para ler o post

"Olha-me nos Olhos"

"Olha-me nos Olhos"
Clicar na imagem para ler o post

"Einstein nunca amou"

"Einstein nunca amou"
Clicar para ler o post

"Mais alto do que as palavras"

"Mais alto do que as palavras"
Clicar para ler o post

Temos de falar sobre o Kevin

Temos de falar sobre o Kevin
clicar na imagem para ler o post

Os Mistérios do Sono

Os Mistérios do Sono
Clicar na imagem para ler o post

Quem mexeu no meu queijo

Quem mexeu no meu queijo
Clicar na imagem para ler o post

Aprender Juntos para Aprender Melhor

Aprender Juntos para Aprender Melhor
clicar na imagem para ler o post

A criança que não queria falar

A criança que não queria falar
clicar na imagem para ler o post

Domesticar a hiperactividade e o défice de atenção

Domesticar a hiperactividade e o défice de atenção
clicar na imagem para ler o post

Síndroma de Down: Leitura e Escrita

Síndroma de Down: Leitura e Escrita
clicar para ler o post

Inclusão - Um guia para Educadores e Professores

Inclusão - Um guia para Educadores e Professores
clicar na imagem para ler o post

O jardim de infância e a família

O jardim de infância e a família
clicar para ler o post

Organização da componente de Apoio à Familia

Organização da componente de Apoio à Familia
clicar na imagem para ler o post

Contributos para o estudo das práticas de Intervenção Precoce em Portugal

Contributos para o estudo das práticas de Intervenção Precoce em Portugal
clicar na imagem para ler o post

O segredo das crianças felizes

O segredo das crianças felizes
Clicar na imagem para ler o post

Crianças (e pais) em risco

Crianças (e pais) em risco
Clicar para ler o post

Comportamentos e estratégias de actuação na sala de aula

Comportamentos e estratégias de actuação na sala de aula
clicar para ler o post

Educar com os pais

Educar com os pais
clicar na imagem para ler o post

A Criança e o Medo de Aprender

A Criança e o Medo de Aprender
clicar na imagem para ler o post

Hiperatividade Eficaz

Hiperatividade Eficaz
clicar na imagem para ler o post

A criança e o psicólogo

A criança e o psicólogo
clicar na imagem para ler o post

A matemática no pré escolar

A matemática no pré escolar
clicar para ler o post

A experiência motora no meio aquático

A experiência motora no meio aquático
clicar na imagem para ler o post

Problemas de alimentação na criança

Problemas de alimentação na criança
clicar na imagem para ler o post

A Intervencão Precoce e a criança com Síndrome de Down

A Intervencão Precoce e a criança com Síndrome de Down
clicar na imagem para ler o post

Educar, promover, emancipar - os contributos de Paulo Freire e Rui Grácio para uma Pedagogia Emanci

Educar, promover, emancipar - os contributos de Paulo Freire e Rui Grácio para uma Pedagogia Emanci
clicar na imagem para ler o post

Da investigação às práticas

Da investigação às práticas
clicar na imagem para ler o post

Valores Educativos, Cooperação e Inclusão autor: Ramos Leitão(Salamanca 2010)

Ouvindo o silêncio

O estranho caso do cão morto

Mal entendidos