sábado, 3 de novembro de 2012

A Inclusão está a passar por aqui... 3.º Encontro Práticas para a Inclusão




Realizou-se no passado dia 13 de outubro o Encontro: “Práticas para a Inclusão” promovido pela Câmara Municipal de Sintra que decorreu na Escola Secundária Padre Alberto Neto em Queluz.

Após a sessão de abertura o primeiro painel intitulado “Criança, Família, Escola” foi da responsabilidade de Nuno Lobo Antunes. Este apresentou o novo centro clinico PIN – Progresso Infantil, abordou o papel da sociedade na educação, o individuo como ser exclusivo na sua individualidade, bem como apresentou algumas problemáticas mais frequentes no desenvolvimento da criança, referiu ainda a importância do diagnóstico e o papel da sociedade bem como a importância da autoridade parental.

O painel com o título “Entrelaçar” foi dedicado à apresentação das práticas de dois agrupamentos de Escolas (Ferreira de Castro e D. Maria II), ambos centraram a apresentação no funcionamento das Unidades existentes e as diferentes respostas às especificidades dos alunos.

O Painel III, “Capacitação das Famílias” esteve a cargo de Luisa Beltrão e Júlia Serpa Pimentel que apresentaram o funcionamento do Movimento Pais em Rede e proporcionaram ainda a dois encarregados de educação e a outros que assistiam na plateia, a partilha resultante do seu envolvimento nesta associação e em particular na participação das oficinas para pais.

O último painel deste encontro realizou-se após o almoço, onde Dr.ª. Teresa Leite abordou “ A musicoterapia no sistema educativo”, a importância da sua utilização e das vivências a ela associadas na relação terapêutica, as áreas de aplicação, métodos e técnicas, as diferenças entre educação musical adaptada e música na educação especial. Terminou ainda referindo o bom princípio que é a Inclusão salientando a falta de meios para que este conceito se torne mais operacional na escola.
As oficinas decorreram após este painel, diversificando-se nas suas temáticas.

Não posso deixar de agradecer o convite feito pela divisão de educação da Câmara Municipal de Sintra à Pin- ANDEE. É neste âmbito que surge este resumo do encontro pois coube-me a mim o comentário final sobre o mesmo.

Não deixa de ser curioso este Encontro ter começado com o PIN – (nome escolhido pela nova equipa do Progresso Infantil) e terminar com a PIN – Pró Inclusão – Associação Nacional dos Docentes de Educação Especial. Tal como o PIN, referido pelo Dr. Nuno Lobo Antunes também a Pin da Pró Inclusão-ANDEE se prende ao peito, um objeto frágil, simbólico, porém, já com mais idade do que o atual PIN.

A Pin da Pró Inclusão foi criada em 2008, após um percurso feito no FEEI (Fórum de Estudos de Educação Inclusiva). Este grupo de trabalho resolveu criar uma associação com o objetivo de por um lado apoiar a profissionalidade dos docentes de educação especial nas práticas, na investigação e politicas e paralelemente promover educação de qualidade para alunos com necessidades educativas especiais no âmbito dos valores da Inclusão.

Foram ainda referidos os eventos e as publicações da nossa associação deixando obviamente o convite para que nela participem de forma a tornar-se cada vez mais um espaço de reflexão e partilha.

Não pude deixar de aludir a minha presença como dois em um, tal como se de um shampoo se tratasse… Por um lado represento a Pin-ANDEE (enquanto elemento da direção) e por outro represento-me a mim própria, enquanto docente de educação especial, pois obviamente uma não vive sem a outra.

A alusão ao shampoo de modo nenhum foi arbitrária. Aquele lava as cabeças e a minha função no comentário final foi de agitar as cabeças dos presentes ou pelo menos a minha. Porque de facto todos os painéis do encontro agitaram cada um de nós com momentos bem merecedores de que isso acontecesse.

A tarefa de um comentário final nunca é tarefa fácil, ainda mais quando se está a absorver tudo o que foi abordado. A ideia não era a de um resumo, portanto optei, de modo sintético, por dar apenas uma piscadela de olho em cada um dos painéis aludindo ao que de mais pertinente salientei como ponto de reflexão:

Impossível ficar-se indiferente à comunicação sobre a tríade: Criança/Escola/Família com palavras conhecedoras, porém recheadas de algum humor discutível com que nos presenteou o Dr. Nuno Lobo Antunes.

A palavra entrelaçar, muito bem escolhida, para partilhar as Práticas das escolas Ferreira de Castro e D. Maria II, como promotoras de inclusão efetiva.

A capacitação das famílias na importância de lhes dar voz, porque são elas de facto quem melhor conhece os seus filhos e só elas mesmo, sem pudermos sequer imaginar, vivem na pele a experiência. 

A importância da música no desenvolvimento do individuo. As oficinas ricas na sua diversidade e partilha. Não esquecendo a visita à exposição Imagina Lá onde foi possível ver os trabalhos realizados e o escolhido para o cartaz de divulgação do evento.

Após um riquíssimo leque de painéis a que tivemos acesso, recordei a citação de Walter Eigner, referida em 1995 na sua obra: “A educação inclusiva é uma questão de bom senso”, em que o autor expressava que não deveria ser necessário lembrar a Declaração de Salamanca para reconhecer que a Educação Inclusiva é ela, fundamentalmente um direito elementar numa escola de qualidade com reflexo numa sociedade mais humanitária.

Passados alguns anos, daquela citação (mais precisamente dezassete anos – uma citação quase, quase com idade adulta que refere a declaração Salamanca, esta sim de idade adulta), o hiato temporário que nos separa e a maturidade destes conceitos, por incrível que pareça, ainda não fizeram eco em alguns céticos face à inclusão. Existem mesmo alguns indivíduos (vindos não se sabe de que planeta) que consideram não só o termo, em si utópico, como duvidam do sentido do seu significado.

O que é pena, pois a inclusão nada tem de extraordinário. Luisa Beltrão enfatizou neste encontro a importância da escola: “quanto mais não fosse pelo benefício da socialização…”

É tão simplesmente aceitar que todos têm direitos, pois é de direitos humanos que se fala em primeira instância. Muitos professores, infelizmente, é verdade, e outras classes profissionais ainda desconhecem o termo e ao que ele se refere na prática.

Talvez a solução passe pela formação dos profissionais e essencialmente motivação da sociedade para a aceitar o outro incondicionalmente. Penso que neste encontro foi visível essa motivação, no modo de compreender e intervir na diferença, refletindo essencialmente o que é em si mesmo a diferença, pressupondo esta uma conceção homogénea do ser humano, bem longe do que é a realidade.

Diferença é o que distingue a exclusividade do individuo, é sinónimo de criatividade. Na sociedade atual conturbada é necessário mesmo alguma dose de criatividade para que nos aproximemos uns dos outros, nos tornemos mais autênticos, necessitando mesmo de ser criativos face aos desafios atuais.

Para finalizar um desafio atual e pertinente (e também criativo, porque não?) sobre a necessidade de reflexão conceptual e prática da nova portaria n.º 275-A. Reflexão e diferentes opiniões sobre a mesma, porque, como tudo na vida há sempre dois (ou mais) olhares sobre as coisas. Uns que contestam, outros que aceitam incondicionalmente.

Cabe, a cada um de nós encontrar o sentido desta medida educativa após um percurso educacional de doze anos de escolaridade. Ainda estou a tentar entender esta medida e o seu sentido e creio não estar sozinha na busca do seu entendimento. Foi referido neste encontro que alguns alunos estão atualmente em casa sem resposta face à atual portaria… “Surge um deserto de respostas após doze anos de escolaridade”, referiu Júlia Serpa Pimentel.

Procuremos neste âmbito e em outros, uma reflexão do que melhor se faz para tornar a educação, toda ela, mais justa e equalitária. Porque foi, aliás, de práticas de inclusão que se falou durante todo o encontro.

Sergio Godinho dizia numa canção“ A liberdade está a passar por aqui”. Sobre esse pensamento com certeza todos teremos também algumas reflexões na conjetura atual, mas foi adaptando aquele pensamento que deixei o repto:

“ A inclusão está a passar por aqui. Ela acontece de facto nas escolas!

Mas deixa rasto ou não? É temporária? Fictícia?

Não podemos deixar de nos interrogar sobre o modo como está a ser entendida esta e outras medidas educativas.

Gostaria de não ter que esperar mais tempo para que, quer a declaração de Salamanca ou a citação que mencionei, faça eco na sociedade.

Acredito que é possível. Por isso mesmo estive presente neste encontro, agradecendo a todos o que o tornaram possível, deixando aqui o meu testemunho.

Posso ainda acrescentar que, algumas famílias e docentes, após o meu comentário final referiram que também eles acreditam que a inclusão existe e é irreversível!

Luis Fernandes (psicomotricista) pegando nestas provocações de metáforas à inclusão também ele lembrou a frase de Bernardo Fachada numa canção que refere “que a liberdade já passou por aqui mas estava mal ensinada … ”

Quanto à inclusão, acreditamos, não está mal ensinada, pelo contrário, ela faz-se em muitas partilhas, como foi este encontro que, ainda nas palavras de Luis Fernandes, constituem uma pedrada no charco.

Pela parte que me toca, atiremos então com mais pedras para o charco!

Elvira Cristina Silva
in: Editorial da newsletter n.º 48 da 2ª quinzena de outubro da Pin-ANDEE
   

Sem comentários:

Leituras

Leituras
Os livros que se seguem apresentam as minhas opiniões sobre os mesmos. Exclusivamente o meu "ponto de vista". EC

Índice médio de felicidade

Índice médio de felicidade
clicar na imagem para ler o post

Eu até sei voar

Eu até sei voar
clicar na imagem para ler o post

Mágoas da Escola

Mágoas da Escola
clicar na imagem para ler o post

CINCO PAIS NATAIS E TUDO O MAIS

CINCO PAIS NATAIS E TUDO O MAIS
clicar na imagem para ler o post

Deixa-me entrar

Deixa-me entrar
clicar na imagem para o post

Caderno de Tóquio

Caderno de Tóquio
clicar na imagem para ler o post

Le goût des glaces

Le goût des glaces
clicar na imagem para ler o post

Não os desiludas - histórias da escola

Não os desiludas - histórias da escola
clicar na imagem para ler o post

Eu quero Amar, Amar perdidamente

Eu quero Amar, Amar perdidamente
clicar na imagem para ler o post

A ferramenta que faz os contos

A ferramenta que faz os contos
Clicar na imagem para ler o post

A arte de ensinar

A arte de ensinar
clicar na imagem para ler o post

O Futuro da Escola Pública

O Futuro da Escola Pública
clicar na imagem para ler o post

A inclusão nas escolas

A inclusão nas escolas
clicar na imagem para ler o post

Crianças em Risco VOL 4

Crianças em Risco VOL 4
clicar na imagem para ler o post

A vida na porta do frigorífico

A vida na porta do frigorífico
clicar na imagem para ler o post

O mundo segundo BOB

O mundo segundo BOB
clicar na imagem para ler o post

A Saga de um Pensador - O Futuro da Humanidade

A Saga de um Pensador - O Futuro da Humanidade
clicar na imagem para ler o post

A intuição leitora, a intuição narrativa

A intuição leitora, a intuição narrativa
clicar na imagem para ler o post

Tu tens direito

Tu tens direito
clicar na imagem para ler o post

Políticas educativas em Portugal

Políticas educativas em Portugal
Clicar na imagem para ler o post

Mafaldisses - crónica sobre rodas...

Mafaldisses - crónica sobre rodas...
clicra na imagem para ler o post

Todas as cores do vento

Todas as cores do vento
clicar na imagem para ler o post

Prisioneiro em mim

Prisioneiro em mim
clicar na imagem para ler o post

Crónicas do avó Chico

Crónicas do avó Chico
cliacar na imagem para ler o post

PSICOMOTRICIDADE – Jogos facilitadores de aprendizagem

PSICOMOTRICIDADE – Jogos facilitadores de aprendizagem
Clicar na imagem para ler o post

Fala Comigo

Fala Comigo
clicar na imagem para ler o post

Sara, A Luz

Sara, A Luz
clicar na imagem para ler o post

Indisciplina Na Escola

Indisciplina Na Escola
clicar na imagem para ler o post

O quarto de Jack

O quarto de Jack
clicar na imagem para ler o post

A Magia das chaves

A Magia das chaves
clicar na imagem para ler o post

Gaudi, um romance

Gaudi, um romance
clicar na imagem para ler o post

o ladrão de Sombras

o ladrão de Sombras
clicar na imagem para ler o post

Partes de mim

Partes de mim
clicar na imagem para ler o post

História de uma esquizofrenia - Jérémy, sua família, a sociedade

História de uma esquizofrenia - Jérémy, sua família, a sociedade
clicar na imagem para ler o post

Maria e Eu

Maria e Eu
clicar na imagem para ler o post

Agarrem-me ou dou cabo desses palhacitos!

Agarrem-me ou dou cabo desses palhacitos!
clicar no post para ler a imagem

Rafeiro Perfumado: "Are you ladrating to me?!?"

Rafeiro Perfumado: "Are you ladrating to me?!?"
Clicar na imagem para ler o post

"Rafeiro Perfumado: a minha vida dava um blog"

"Rafeiro Perfumado: a minha vida dava um blog"
Clicar na imagem para ler o post

O menino de Cabul

O menino de Cabul
clicar na imagem para ler o post

A Educação na Finlândia: Os segredos de um sucesso

A Educação na Finlândia: Os segredos de um sucesso
Clicar na imagem para ler o post

"Aproveitem a vida"

"Aproveitem a vida"
Clicar na imagem para ler o post

"Olha-me nos Olhos"

"Olha-me nos Olhos"
Clicar na imagem para ler o post

"Einstein nunca amou"

"Einstein nunca amou"
Clicar para ler o post

"Mais alto do que as palavras"

"Mais alto do que as palavras"
Clicar para ler o post

Temos de falar sobre o Kevin

Temos de falar sobre o Kevin
clicar na imagem para ler o post

Os Mistérios do Sono

Os Mistérios do Sono
Clicar na imagem para ler o post

Quem mexeu no meu queijo

Quem mexeu no meu queijo
Clicar na imagem para ler o post

Aprender Juntos para Aprender Melhor

Aprender Juntos para Aprender Melhor
clicar na imagem para ler o post

A criança que não queria falar

A criança que não queria falar
clicar na imagem para ler o post

Domesticar a hiperactividade e o défice de atenção

Domesticar a hiperactividade e o défice de atenção
clicar na imagem para ler o post

Síndroma de Down: Leitura e Escrita

Síndroma de Down: Leitura e Escrita
clicar para ler o post

Inclusão - Um guia para Educadores e Professores

Inclusão - Um guia para Educadores e Professores
clicar na imagem para ler o post

O jardim de infância e a família

O jardim de infância e a família
clicar para ler o post

Organização da componente de Apoio à Familia

Organização da componente de Apoio à Familia
clicar na imagem para ler o post

Contributos para o estudo das práticas de Intervenção Precoce em Portugal

Contributos para o estudo das práticas de Intervenção Precoce em Portugal
clicar na imagem para ler o post

O segredo das crianças felizes

O segredo das crianças felizes
Clicar na imagem para ler o post

Crianças (e pais) em risco

Crianças (e pais) em risco
Clicar para ler o post

Comportamentos e estratégias de actuação na sala de aula

Comportamentos e estratégias de actuação na sala de aula
clicar para ler o post

Educar com os pais

Educar com os pais
clicar na imagem para ler o post

A Criança e o Medo de Aprender

A Criança e o Medo de Aprender
clicar na imagem para ler o post

Hiperatividade Eficaz

Hiperatividade Eficaz
clicar na imagem para ler o post

A criança e o psicólogo

A criança e o psicólogo
clicar na imagem para ler o post

A matemática no pré escolar

A matemática no pré escolar
clicar para ler o post

A experiência motora no meio aquático

A experiência motora no meio aquático
clicar na imagem para ler o post

Problemas de alimentação na criança

Problemas de alimentação na criança
clicar na imagem para ler o post

A Intervencão Precoce e a criança com Síndrome de Down

A Intervencão Precoce e a criança com Síndrome de Down
clicar na imagem para ler o post

Educar, promover, emancipar - os contributos de Paulo Freire e Rui Grácio para uma Pedagogia Emanci

Educar, promover, emancipar - os contributos de Paulo Freire e Rui Grácio para uma Pedagogia Emanci
clicar na imagem para ler o post

Da investigação às práticas

Da investigação às práticas
clicar na imagem para ler o post

Valores Educativos, Cooperação e Inclusão autor: Ramos Leitão(Salamanca 2010)

Ouvindo o silêncio

O estranho caso do cão morto

Mal entendidos